top of page

Radiações eletromagnéticas podem ser prejudiciais ao organismo. Como será com a tecnologia 5G?

Atualizado: 18 de fev. de 2022


A radiação eletromagnética, surge na sequência do uso e/ou exposição continuada a aparelhos elétricos como celulares, televisões, computadores, microondas, etc. Além das redes de transmissão de energia, torres de alta tensão, antenas de televisão, de rádio e de telefonia celular,

Apesar de nem sempre termos essa noção, este tipo de exposição comporta riscos para nossa saúde. Muitas pessoas são eletrosenssíveis a estas radiações.


"A exposição excessiva à poluição eletromagnética pode causar danos ao sistema imunológico"


Neste momento onde a VAC é a bola da vez e "dizem ser a solução" para o momento, onde algumas pessoas são contra e outras à favor, trouxe-nos também, uma preocupação em relação as consequências junto a esta exposição eletromagnética e a interferência do 5G no sistema imunológico, principalmente dos vacinados. Se já o 4G sentimos os efeitos, mesmo sem saber, como será com o 5G?


Mas, o que isto tem a ver com a poluição eletromagnética?


É um outro assunto polêmico defendido por muitos estudiosos pela vacina ser nanotecnologia. Já outros dizem que não é verdade. Então, este tema levantado cabe a cada um fazer as suas pesquisas e estudos e tirar suas próprias conclusões, bem como, lendo a bula da vacina e informações que estão carregadas deste assunto nas redes sociais e grupos do telegram.


Quais as causas em nosso corpo e mente destas irradiações?


A emissão de campos eletromagnéticos pode ser capaz de alterar o ritmo biológico humano, em especial o sono e as funções imunitárias e nervosas, danificar aparelhos elétricos e até desorientar o vôo de algumas aves. A exposição as redes eletromagnéticas já causam muitos distúrbios na saúde como: dores de cabeça, alergias, perturbações, nervosismo, insônia.

As pessoas eletrosenssíveis sentem muito a diferença quando as redes estão ligadas no 4G, no wi-fi e no bluetooth, e muitas tiveram que deixar o local que viviam para se distanciar das cidades onde existe muita poluição eletromagnética causando disparos no coração, alterações no humor, nervosismo e até mesmo diarréia.


Como nos defender?


Estes são alguns dos cuidados que deve passar a ter:

- Privilegie móveis e objetos de decoração de madeira.

- Não carregue o celular no quarto e evite ter relógios digitais ao pé da cama.

- De preferência não tenha televisores no quarto.

- Desconecte-os da tomada e/ou cabos durante a noite. Desligue a rede elétrica em torno das camas durante as horas de sono, de preferência com desconexões elétricas.


Produtos que podem nos proteger destas irradiações


Existem alguns componentes antipoluição eletromagnética para telefones, celulares, computadores e outros dispositivos eletrônicos.

Lair Ribeiro, em uma de suas palestras demonstrou um componente que nos protege desta poluição. Ele mediu a pessoa com um celular sem o componente antipoluição e todo o eletromagnetismo estava presente; já com o componente colocado no celular a medição eletromagnética protegia a pessoa.


A dúvida que paira no ar é: quando o 5G chegar como será esta poluição eletromagnética?

Façam suas pesquisas e tirem as suas conclusões.


Componentes bloqueadores para eletroeletrônicos e residenciais.






bottom of page