top of page

Tecnologias israelense para a cura do câncer

Atualizado: 17 de nov. de 2021

Já vem algum tempo que existem informações não muito divulgadas sobre uma nova tecnologia vinda de Israel para o Brasil que traz a cura para o câncer.

Investidor Humanizado fez uma pesquisa através do Google e encontrou informações deste equipamento que está disponível desde 2011.


O Portal do Envelhecimento,(matéria de junho de 2015) diz que o equipamento está disponibilizado pelo ICESP (Instiuto do Câncer do Estado de São Paulo) que seria apresentado por um ultrassom capaz de destruir tumores. Pulsos de ondas sonoras queimam o tecido doente e que o ouvido humano é incapaz de escutar para destruir células cancerígenas, sem a necessidade de cirurgia e anestesia. O novo equipamento estaria disponível à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar do efeito do ultrassom em tumores já ser conhecido, o novo equipamento consegue focar até mil feixes em um único ponto - com a ajuda de um aparelho de ressonância magnética. Com o calor, as células cancerígenas são queimadas, sem que o aumento de temperatura afete os tecidos saudáveis vizinhos. Único na América Latina, o aparelho é de tecnologia israelense e com sucesso para casos de miomas - tumores benignos, de tecido muscular e fibroso, conhecidos por afetar o útero.

Como a técnica dispensa o uso de anestésicos, as pessoas recebem apenas sedativos, ficando conscientes durante toda a operação. O exame não causa dor intensa, apenas algumas sensações como se fossem cólicas menstruais.


No portal do G1 (abril/2011) o tratamento, no entanto, não serve para qualquer paciente.

Um estudo anterior precisa ser feito para saber quem pode passar pelo ultrassom. Dois fatores que são levados em conta na escolha das pacientes são o local do tumores e o tamanho deles.

A grande vantagem é que as áreas ao redor do tumor não são afetadas, a técnica é muito precisa, só ataca onde é necessário. A estrutura para atender os pacientes segue os princípios do Sistema Único de Saúde

(SUS), assim como outros hospitais públicos.

Aparelho de ultrassom de alta frequência ligado a

uma esteira para receber pacientes durante

ressonâncias magnéticas (Foto: Mário Barra / G1)

Fonte - G1


Todas as informações deste blog foram extraídas dos portais citados acima.


O que nos resta saber é porque esta tecnologia não foi tão divulgada.

Já se passaram 10 anos e não encontramos nenhuma informação e divulgação sobre este assunto.

Quanto ao câncer de mama, existem rumores que o governo federal (gestão 2018 - 2021) disponibilizará uma tecnologia israelense que é um dispositivo que destrói os tumores benignos da mama, infundindo-os com gelo. O procedimento é rápido, indolor, acessível e é realizado em regime de ambulatório. Veja vídeo do procedimento.


Existem também as tecnologias que são as Camas MedBed ou Camas Celestiais que ainda não foram liberadas. Clique aqui e saiba mais.



287 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page